29 janeiro 2016

Minha menina...


Passou no vestibular, minha menina,
vai sair de casa, tadinha,
tão nova, imatura,
não está pronta para viver sozinha,
não acha nada que precisa, mal procura,
foi quase ontem sua formatura,
salto alto, maquiada, linda,
a oradora da turma,
falou toda decidida
sobre superar cada dificuldade futura,
agora passou em Engenharia
e nem sabe direito se é o que quer fazer,
tão menina, meu bebê!
Quer voar andorinha
para o meio daquelas gentes tantas,
mais velhas, malandras,
e vai ouvir sua perigosa ladainha,
minha inocente criança,
nem namorado tinha,
não percebe o risco que ronda,
acho melhor ficar no ninho,
só mais um ano,
talvez fazer cursinho,
tem desconto, se não me engano,
pode ser que passe em Medicina,
é mais bonito, imagina!
Mas já está voando
essa pequenina,
sem suspeitar que é minha
(tampouco eu sabia)
a parte de vida
que levará na mochila,
nem bem sei o quanto sobra
de tanto que parece ser a vida toda...

Adriano Dias

Um comentário:

  1. Confesso que me identifiquei um pouco com o texto, rs. Amei ♥
    Beijos

    www.brilhoeestilo.com

    ResponderExcluir

* Parceria? Afiliação? Peça ^.^
*Seguindo. Segue de volta? Se eu gostar do blog sim u.u
* Pode deixar seu link ai *-* Com todo o prazer eu irei visita-lo.

© Dose de Poesia. Todos os direitos reservados.
Layout produzido por: Fernanda Goulart
Com a ajuda de diversos sites de tutoriais.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo