02 fevereiro 2016

5 Motivos que mostram porque "500 Dias com Ela" é o melhor filme sobre relacionamentos


Ja fiz alguns posts sobre o filme 500 dias com ela, ele é meu filme preferido por justamente fugir do cliche de filmes romanticos, ele mostra como é a vida real, e nela nem sempre voce fica com quem ama. 
No post de hoje tem uma lista com 5 motivos que mostram as liçoes do filme e por que ele é o melhor filme de relacionamentos lançados ate agora 




5 - Não é uma história de amor.



Nem todos os relacionamentos que nós temos envolvem amor de verdade, o filme mostra isso de forma nua e crua.


4 - Não é sempre que quem se importa mais com a relação é a mulher.



Geralmente os filmes comuns seguem a linha do cara que não quer compromisso e a mulher apaixonada. "(500) Dias com Ela" acaba com isso. Por que o cara não pode ser o apaixonado da relação e a mulher não querer compromisso?


3 - Expectativas e realidades

 

Quem nunca foi a uma festa, ou algum lugar em que a pessoa do seu interesse estivesse, com expectativas a serem cumpridas? Os filmes convencionais retratam isso de duas maneiras possíveis: a expectativa da personagem cumprida, ou um desastre total mas que no final fica tudo bem.
Marc Webb presta um tributo a um formato usado em Noivo Nervoso, Noiva Neurótica (Annie Hall) de Woody Allen. No clássico, legendas revelavam o que os personagens realmente queriam dizer.
Aqui ele dividiu a tela mostrando a expectativa e a realidade do protagonista, e a realidade não foi nada boa.

2 - Síndrome de Jenny Beckman


"O filme a seguir é uma história de ficção. Qualquer semelhança com pessoas vivas ou mortas é mera coincidência. Especialmente você Jenny Beckman. Vadia"

Há quem diga que Jenny Beckman é uma espécie de Summer pelo sentimento de raiva do locutor na abertura do filme, até porque quem nunca se sentiu assim por não ter reciprocidade na relação?
Existem vários pontos em que podemos nos identificar com o filme, um deles é não ser correspondido como o esperado. E isso realmente acontece as vezes, ou sempre dependendo da sua sorte com relacionamentos.

 

1 - Romance contemporâneo





As relações do filme como já mencionei são cruas e honestas. Nada de conto de fadas com final feliz, até porque por quantas relações passamos até encontrarmos esse tal final feliz? E nem sempre ele aparece. Há sempre muitos outros peixes no mar, como o próprio filme diz e sempre temos a chance de tentar de novo.
"(500) Dias com Ela" mostra de maneira tragicômica uma relação do ponto de vista de um homem, mas mesmo assim não agrada só pessoas com sentimento semelhante ao de Tom Hansen. 
 
 
 
 
 
 


E ai voce gostou do filme? Deixe aqui sua opiniao 

 
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

* Parceria? Afiliação? Peça ^.^
*Seguindo. Segue de volta? Se eu gostar do blog sim u.u
* Pode deixar seu link ai *-* Com todo o prazer eu irei visita-lo.

© Dose de Poesia. Todos os direitos reservados.
Layout produzido por: Fernanda Goulart
Com a ajuda de diversos sites de tutoriais.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo